APAE comemora setembro verde com passeio ciclístico

“Atingimos nosso objetivo que foi conscientizar as pessoas do significado do “setembro verde”, que fala sobre a inclusão social da pessoa com deficiência”.

Assim o presidente da entidade Humberto Ugolini agradeceu a todos que participaram do passeio ciclístico, idealizado pela diretoria da APAE com objetivo explicito de chamar a atenção para o mês de setembro que comemora a inclusão social de deficientes.

Segundo o presidente Humberto Ugolini, 150 ciclistas prestigiaram o evento que teve um trajeto simbólico com apoio da Polícia Militar e uma ambulância para que todos pudessem participar com tranquilidade e segurança.

Depois de terminar o percurso, os ciclistas percorreram as ruas da cidade, para chamar a atenção de toda população com referência ao objetivo do evento.

Após o passeio urbano os ciclistas se reuniram no salão de festas da APAE onde foi oferecido um almoço.

Destaque nas jornadas ciclísticas do município a “Galera do Pedal” grupo já tradicional de ciclistas também prestigiaram o evento.

O que é o setembro verde?

Inspirada pelo dia 21 de setembro, considerado desde 1982 o dia Nacional da Luta das Pessoas com Deficiência, o qual queremos dar um significado especial com o verde da esperança de dias melhores para o Brasil e principalmente para as pessoas com deficiência.

O dia foi escolhido por sua proximidade com a primavera e por ser considerado também o dia da árvore, o que nos remete a pensar que uma sociedade acessível e inclusiva tem que ser sustentável em todos os aspectos.

Lembramos nessa data da formação das lutas pela cidadania, participação social e igualdade de condições, que nos entusiasmam a continuar na luta pela ampliação de direitos, por uma sociedade mais justa.

Verificamos que o Brasil possui uma das legislações mais avançadas do mundo no que se refere à garantia legal de direitos, porém, muito pouco daquilo que legalmente é instituído se reverte em ações práticas.

Assim entendemos que o nosso maior desafio é conseguir mobilizar a sociedade em torno dos direitos adquiridos e pensar as competências de cada um dentro do processo de garantia, que não depende só do poder público, mas principalmente da mudança de atitude e da ação social de cada cidadão.

Acreditamos que se cada cidadão brasileiro refletir sobre essa questão, teremos um país mais justo e inclusivo em todos os níveis.

“Em nome de nossos alunos, pais, funcionários, colaboradores e diretores queremos agradecer a todos que participaram, à polícia militar e colaboradores, aproveitando a oportunidade convido toda população de Paranapanema a conhecer nosso trabalho fazendo uma visita na APAE, assim poderemos juntos oferecer melhores dias aos nossos queridos alunos” Concluiu Humberto Ugolini.