Chuvas causam estragos em vias públicas

As intensas chuvas que caíram no sábado 1, e no domingo 2, causaram estragos em diversas vias públicas, deixando algumas ruas intransitáveis, como é o caso da Cori Pereira de Melo na Vila Leme.

A via pública não comportou o volume excessivo de água, as lajotas foram arrancadas e parte levadas com a força da enxurrada, o leito carroçável ficou bastante danificado, impossibilitando o tráfego de veículos.

A rotatória da Praça Ademir Negrão, também na Vila Leme, já apresentava alguns buracos e com a intensidade das águas ficou ainda mais danificada, parte do asfalto foi retirado abrindo verdadeiras crateras.

Na Avenida da Saudades que da acesso ao cemitério municipal, um trecho próximo ao córrego da Mina foi danificado com a retirada de lajotas, porém o setor de vias públicas já esta fazendo a manutenção do local.

O córrego Pinheirinho, que margeia a Vila Maria, não suportou o volume excessivo de água e transbordou, invadindo algumas casas causando prejuízos aos moradores, autoridades estiveram visitando o local para avaliar a situação e buscar a uma solução adequada.

O fenômeno que trouxe as intensas chuvas causou danos em outras localidades atingindo algumas cidades da região.

Um dos fatores que muitas vezes contribuem com as enchentes é o lixo proveniente de limpeza quintais, obras e descarte de móveis velhos, que são depositados nas vias públicas incorretamente e com as chuvas levados para encostas, córregos e até entupindo galerias de águas pluviais.  

O setor de vias públicas já está providenciando a manutenção dos locais danificados, lembrando que nesta época do ano é comum as chuvas intensas, pedindo assim a colaboração da população no que diz respeito a descarte de lixo, entulhos e móveis velhos, para que sejam feitos de forma correta.