Curso de capacitação forma agentes para atuarem em situação de desastre

Oferecido pela secretaria de Desenvolvimento do Estado, em parceria com a Defesa Civil estadual, o 5º curso para capacitação de agentes públicos para atuarem em situações de desastre, aconteceu nesta quinta-feira 5, na Câmara Municipal de Avaré.

Segundo os organizadores cerca de 55 agentes públicos de 34 municípios, da região inclusive agentes do social de Paranapanema, participaram do evento, que teve por objetivo orientar os participantes para atuarem em situação consideradas de risco.

A pretensão é capacitar pelo menos 1000 agentes da Defesa Civil e da Assistência Social em todo o Estado, este curso foi realizado exclusivamente para região de Itapeva e Avaré.

O Governo quer promover uma integração e capacitação dos agentes de proteção e Defesa Civil e técnicos da Assistência Social de 34 municípios desta região, com finalidade de prepará-los para juntos atuarem quando houver algum tipo de ocorrência.

Nas situações consideradas estão a remoção de moradores de área de risco, que foram atingidos por desastres provocados pela ação do tempo, como fortes chuvas, inundações ou alagamentos, frio intenso, acidentes provocados por produtos químicos, queimadas, entre outros, lembrando que poderá ser desenvolvida ações de assistência humanitária.

Nas atuações estão:

– A prevenção em situações de calamidades e emergências como: instituição de planos municipais de contingência, remoção das pessoas das áreas de risco, capacitação permanente dos agentes, ações educativas, construção de rede de voluntários;

– Atuações emergenciais em postos de cadastramento, o acolhimento emergencial, encaminhamento à rede de saúde, distribuição de kits de limpeza e kits dormitório (colchões, cobertores e lençóis) e também kit de higiene pessoal, água potável e roupas.

– Pós–emergência com encaminhamento para atendimento psicossocial; concessão de benefícios eventuais, eventual contratação emergencial de profissionais para atuarem nas calamidades.

Com a finalidade de fortalecer a política de Assistência Social no Estado, a Secretaria de Desenvolvimento Social em parceria com os municípios e as organizações sociais, devem dar continuidade ao programa de capacitações, informações e novos cursos.