Secretaria da Saúde alerta para sinal vermelho da COVID-19.

Se continuar o crescimento rápido de contaminações, confirmações e óbitos, com certeza as medidas restritivas e até fechamentos dos comércios deverão acontecer.

O alerta vermelho se justifica pelo amplo crescimento de casos positivos confirmados em um curto espaço de tempo, e também por mais 2 óbitos em menos de 10 dias.

Durante os sete meses, desde o início da Pandemia, Paranapanema registrou 2 casos de óbitos confirmados, causados pela COVID-19, em apenas nove dias, mais dois óbitos foram confirmados e um ainda aguarda resultado de exame.

No boletim do dia 16 de outubro, apresentamos 190 casos confirmados, e no boletim do dia 03 de novembro, ou seja, em 17 dias depois, mais 10 novos casos.

Agora, a projeção é a seguinte: no boletim do dia 3 de novembro os casos confirmados eram 200, já o boletim de hoje (13), são 12 a mais, totalizando 212 casos confirmados.

Em apenas 10 dias a saúde detectou doze novos casos e registrou mais dois óbitos. No boletim atual, ainda existe um óbito aguardando resultado.

Com a reabertura gradativa e restrita dos comércios em geral, a população parece ter esquecido que o vírus continua ai, circulando e contaminando as pessoas. É possível que tenham muitas pessoas contaminadas e ainda não identificadas, que estejam contaminando outras pessoas.

Na Europa é possível ver a evolução de uma segunda onda de contaminação avançando consideravelmente, o que reflete que no Brasil, logo teremos uma segunda contaminação em massa, caso os descuidados continuem.

Usar máscara o tempo todo que estiver pelas ruas e principalmente em locais fechados, é fundamental. Manter o distanciamento social é prioridade quando duas ou mais pessoas estão no mesmo local, mesmo em vias e praça pública.

As aglomerações são consideradas os grandes vilões do contagio e a higiene pessoal é a única vacina que temos para evitar a contaminação.

Faça sua parte, saia de casa apenas em casos de extrema necessidade, evite os locais fechados e com aglomeração, enquanto estiver nas ruas, comércios e outros lugares, evite tocar em coisas desnecessárias, corrimão, encostar em paredes, balcões entre outros.

Se possível carregue consigo um frasco de álcool em gel e use constantemente.

Juntos, Prefeitura Municipal, Secretaria da Saúde e população, podemos vencer esta batalha.