Secretaria de saúde alerta beneficiários do Bolsa Família

A secretaria de saúde informa aos beneficiários do programa Bolsa Família que o prazo para realização do acompanhamento no sistema de saúde se encerra dia 29 de junho, lembrando que as famílias que deixarem de comparecer perderá o benefício.

O acompanhamento é para crianças de 0 a 7 anos de idade e para mulheres de 14 a 24 anos, as quais devem comparecer de segunda a sexta feira no horário comercial, na secretaria de saúde, na rua Capitão Pinto de Melo, 548, próximo da prefeitura municipal, sendo que devem estar munidos do cartão do benefício e da carteira vacinal de todos.

Para facilitar a vida daqueles que trabalham e não podem comparecer nos dias de semana, a secretaria de saúde agendou dois dias no final de semana para facilitar o atendimento, sendo eles:

Para os moradores de Paranapanema e zona rural adjacentes será no sábado, dia 16 de junho das 8 hs às 17 hs na UBS Irmã Guilhermina, que fica na rua Dr. Fortunato Martins de Camargo, 444, próximo da prefeitura.

No Distrito de Campos de Holambra, bairros e zona rural adjacentes será domingo dia 17 de junho das 8 hs às 17 hs, na UBS Onofre L. Almeida, que fica na avenida das Posses na antiga garagem municipal.

“Paranapanema tem 836 famílias que são beneficiadas pelo programa, até a presente data apenas 220 famílias compareceram para fazer o acompanhamento, lembrando mais uma vez que as famílias que deixarem de fazer o acompanhamento terá o benefício suspenso” Alertou Maria Aparecida Leonel, a Zinha, secretária de saúde.

Outro alerta é para as gestantes que também devem fazer o acompanhamento, apresentando o cartões de benefício, vacinas e pré-natal.

O Bolsa Família é um programa destinado às famílias em situação de pobreza e extrema pobreza, com renda per capita de até R$ 154 mensais, que associa à transferência do benefício financeiro do acesso aos direitos sociais básicos – saúde, alimentação, educação e assistência social. Através do Bolsa Família, o governo federal concede mensalmente benefícios em dinheiro para famílias mais necessitadas.