Vias públicas recebem manutenção nos pontos mais críticos

Um dos maiores problemas enfrentados pelas administrações públicas na região, é com a infraestrutura em pavimentação, seja asfalto ou lajotas.

Nesta época do ano com a intensificação das chuvas, o leito carroçável das vias públicas sofre mais com a ação do tempo e das enxurradas.

A combinação água / asfalto o resultado sempre é prejudicial para leito da via pública, este fenômeno acontece por alguns fatores que vamos listar:

O Brasil é um país tropical e as elevadas temperaturas principalmente nesta época do ano contribuem para a deformação do leito carroçável que é pavimentado com o asfalto. Isto ocorre devido aos veículos pesados que transitem pelas vias públicas.

O asfalto assim como outros elementos se dilata com o forte calor, os veículos pesados causam o afundamento formando canaletas que ao perderem a caloria, começam a formar rachaduras.

Quando vem a chuva, estas rachaduras acabam por absorver as águas e consecutivamente os buracos aparecem do dia para a noite.

Nos últimos dias caíram chuvas torrenciais na região atingindo todos os municípios, inclusive Paranapanema, e onde o asfalto ou lajota já estavam comprometidos, ficaram em estado de calamidade.

Para amenizar os problemas a prefeitura através do setor de obras e vias públicas vem realizando a manutenção de alguns trechos mais críticos, caso da Avenida Lázaro de Oliveira Melo e rodovia Prefeito Tibiriça.

Ambas estão recebendo manutenção com operação tapa buracos.

Algumas ruas da cidade com pavimento em lajotas que também foram prejudicadas pela ação das enxurradas estão recebendo o reparo.

Os serviços devem atender os pontos mais atingidos segundo informações da secretaria de obras e vias públicas.