Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura Municipal
Acompanhe-nos:
Rede Social Prefeitura de Paranapanema - FACEBOOK
Rede Social Prefeitura de Paranapanema - INSTAGRAM
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
FEV
21
21 FEV 2013
NOTÍCIAS
Avenida Holanda em breve será recapeada
enviar para um amigo
receba notícias
Processo de licitação para o recapeamento da via já está em andamento
 A Prefeitura da Estância Turística de Paranapanema abriu esta semana o novo processo licitatório para o recapeamento da Av. Holanda, que é a via de acesso à EMEF Profª Daisy Ap. E. Trevisani, em Campos de Holambra.
Desde o ano passado, a população sofre com o estado de conservação da via, principalmente agora com o retorno das aulas. São diversos buracos que danificam os veículos e colocam em risco os pedestres que transitam pelo local.
[caption id="attachment_5717" align="aligncenter" width="575"] Avenida de acesso à EMEF Profª Daisy Ap. E. Trevisani[/caption]
O recapemento da via já estava previsto para o ano passado, conforme convênio firmado com o Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias,  sendo que o processo licitatório das obras já havia sido finalizado e a empresa vencedora já havia, inclusive, recebido a ordem de início.
No entanto, após reunião realizada com DADE no início do ano, o Prefeito Márcio Faber descobriu uma série de irregularidades na licitação e que caso fosse adiante, custaria mais de R$500.000,00 aos cofres públicos, pois o projeto não estava de acordo com os padrões técnicos e legais exigidos pelo departamento.
Segundo o DADE, a verba destinada à obra só é liberada mediante a aprovação do projeto pelo corpo técnico. Caso o projeto seja reprovado inicialmente, o próprio departamento auxilia na execução de uma nova proposta que atenda às exigências solicitadas. Neste caso, a administração anterior deu continuidade ao processo mesmo sem a aprovação inicial, atrasando todo o andamento da obra.
Para que a Prefeitura não arcasse com esse valor e conseguisse dar andamento às obras com o recurso do convênio, foi necessário o pedido de cancelamento de todo o processo licitatório realizado anteriormente, para só então abrir a nova licitação dentro dos padrões, o que ocorreu esta semana.
O projeto que entrou em licitação contempla o recapeamento de toda extensão da avenida, bem como a readequação de todo o sistema de drenagem da via.
Autor: Imprensa
Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia